sábado, 8 de julho de 2017

Minha experiência de um ano com QQ English e Método Callan



Atendendo a pedidos de algumas pessoas que passam por este blog procurando saber sobre o curso de inglês online QQ English e/ou o método Callan, farei esta postagem para atualizar minhas impressões.

Atenção: essa postagem não é patrocinada. É apenas minha impressão e opinião.

Um ano atrás fiz a postagem Minha experiência com um mês de QQ English, que vale a pena dar uma olhada.

Mudanças
Antes tinha explicado que o curso funcionava com o sistema de pontos, no qual o aluno comprava pontos (o pacote básico possui 300 pontos), para contratar professores de 25, 50, 75 e 100 pontos.
De lá para cá eles fizeram algumas mudanças. A primeira é o fim dos professores de 25 pontos, ou seja, 300 pontos só permitem contratar 6 aulas de 50 pontos. Outra é que o pacote básico de 300 pontos aumentou de 72 reais para 98 reais. Nesse plano, cada aula custa R$16,33, o que ainda não é caro considerando que estamos contratando um professor nativo.
Agora vem a parte boa. Eles lançaram o plano chamado “Fale todo dia”, que custa no momento 199 reais, no qual você poderá fazer aulas todos os dias, de segunda a segunda, com qualquer professor disponível. Fazendo a conta, cada aula sairá por R$6,63 (par aum mês de 30 dias). Uma pechincha. Aqui no Brasil esse valor não paga nem o ônibus de ida e volta para ir ao curso de inglês.

Sobre as aulas e o método Callan
Nos primeiros 3 meses fiz o curso chamado QQE Basic, que é o curso desenvolvido por eles. Como achei que o processo estava muito lento e repetitivo, tomei coragem e iniciei minhas aulas no método Callan.
Este método é bem difícil, mas estranhamente este é o lado bom deste método. Resumindo grosseiramente, este método é um conjunto de livros de perguntas e respostas no qual o professor realiza cada pergunta duas vezes (para o aluno assimilar) e logo em seguida o professor responde, mas o aluno tem que acompanhar o professor na resposta. Se o aluno conseguir responder sem a ajuda do professor, melhor ainda. As perguntas são divididas em tópicos, onde em cada tópico são apresentadas novas palavras. Em alguns momentos o aluno  realiza o dictation, que funciona como um ditado do ensino primário.
No início de cada aula, há uma revisão das últimas sete páginas e depois o restante da aula se avança com a matéria. Acaba que dos 25 minutos de aula, uns 12 minutos é de revisão e o restante é de avanço.
No final das contas, o processo consiste em uma explosão organizada de listening and speaking.
O processo é mecanizado mas isso não quer dizer que é ruim. A parada vai entrando no sangue, de forma que o aprendizado vai se tornando mais natural. Não há diálogo, musiquinha, complete as palavras, marque a resposta certa, apresentação de trabalho, nada disso. No primeiro livro há imagens, mas rapidamente a aula parte para uma explosão de escuta e fala. No final de cada aula você se sente cansado, fazendo com que 25 minutos seja um tempo bom.
Achei este método incrível. O primeiro impacto é a substancial melhora no listening em pouco tempo. Você escuta tanto inglês, mas tanto, que sua escuta melhora em um curto espaço de tempo. Veja por exemplo este vídeo abaixo, que mostra uma aula do método:

O método é exatamente assim. Não sei qual o seu nível de inglês, mas se você não entendeu quase nada do que é falado no vídeo acima, te garanto que em 2 meses de Callan você conseguirá entender.
Já a fala, depende muito também da dicção da pessoa. Eu me considero uma pessoa com dicção ruim. Muitas vezes eu gaguejo até em português, então eu reconheço que preciso de muito prática. Mesmo assim, creio que fiz um bom progresso no speaking e me sinto confiante em conversar com um nativo, desde que a conversa não seja muito complexa. Lembrando que ainda estou no livro 6 (de um total de 12).
O próprio método diz que é adequado para uma pessoa de qualquer nível de inglês (mesmo zero), mas particularmente não recomendo uma pessoa que só tenha o inglês de escola brasileira faça este curso de cara. Se você for fazer aulas no QQ English, oriento que faça o seguinte script:
-Se inscreva no plano Fale Todo Dia;
-Faça 2-3 meses de QQE Basic
-Comece o método Callan e o faça de 2ª a 6ª feira.
-Nos finais de semana faça o curso chamado Topic Conversation
O QQ não oferece os livros e os áudios do Método Callan, mas é possível encontra-los pela internet.

Professores
Sobre os professores, com disse na postagem de um mês de curso, são filipinos.
Os professores são bons mas sempre que você for marcar um aula, escolha um professor 5 estrelas, ou no mínimo 4,5 estrelas. Já tive experiências ruins com professores que não tinham uma classificação ou com classificação baixa. Dentre essas experiências, estão erros de pronúncia ou professores com didática não boa.
Algumas vezes tenho a sensação de que o inglês, apesar de ser língua nativa deles, não seria, digamos, a primeira língua. Às vezes parece que eles aprendem o filipino, mas que alguns fazem faculdade, estudam e aprimoram o inglês. Mas creio que seja só a sensação. Quando utilizo o Google Maps para “andar” pelas Filipinas, o inglês predomina em todo lugar (nas lojas, placas, avisos, propagandas, etc).
De qualquer forma, seguindo o passo de escolher professores bem avaliados aumentará as chances de você ter aulas de alto nível. Se puder marcar aulas com apenas um professor, creio que seria o ideal. Se não puder, não há problema em trocar professores, pois seu progresso fica registrado no sistema.
Não sei quanto ao sotaque dos filipinos, mas a dos professores é bem americana. Eu não sinto aquela diferença de sotaque da mesma forma que percebemos quando escutamos o inglês britânico, americano e australiano.
Os filipinos são gente boa, em geral um povo bem religioso, profissional e pelo que acredito (de acordo com minhas conversas), de baixa estatura (rs). A diferença cultural é grande, o que é bom pois garante assunto durante as aulas. Eu mesmo tenho três adicionados no meu Facebook.

Eu hoje
De minha parte, recomendo o método Callan. Eu que tinha um inglês bem básico, hoje consigo ver filmes e séries legendadas em inglês sem dificuldades. Arrisco a ver vídeos sem legenda, mas estou em uma fase estranha no qual consigo entender 70% das palavras, mas ainda não consigo conectá-las para fazer sentido. É meio estranho mas já vi outras pessoas comentando o mesmo. E para eu escutar inglês, preciso amentar o volume e ter pouca interferência externa. Ainda tenho muito a aprender.
Acima comentei que, referente ao método Callan, em média 12 minutos da aula é revisão e o restante é progressão. Entretanto, isso é apenas para os três primeiros livros. Os livros em diante a revisão toma cada vez mais tempo pois as perguntas são maiores. Veja o exemplo abaixo:

Pergunta de primeiro livro: Where’s the house?
Resposta: The house’s behind them.

Pergunta de quinto livro: If you drove a car on the left-hand side of the road (in America, France etc.) instead of on the right, what’d happen?
Resposta: If I drove a car on the left-hand side of the road (in America, France etc.) instead of on the right, I’d have an accident.

Logo, uma revisão que levava 12 minutos passa a aumentar com o tempo, sendo comum ela prolongar-se para 16 minutos ou mais. Certa vez fiz uma revisão em 22 minutos, restando apenas 3 para progressão.

Diante disso, decidi há pouco tempo sair do curso e estudar o método Callan por conta própria. Claro que não é a mesma coisa que ter um professor te auxiliando, mas depois 8 meses fazendo aula por esse método, sei como funciona. Os livros possuem o áudio com pronúncia britânica, tanto das perguntas quanto das respostas, então consigo sim levar as aulas no meu ritmo. Hoje eu avanço de forma mais rápida e todo dia faço revisão e progressão. Quem nunca fez o método Callan sem auxílio do professor, não recomendo fazer isso que faço. Fique uns meses no método para ver como funciona e depois tente fazer sozinho.
Quando sentir necessidade, contratarei a QQ English para treinar conversação com os professores.

E você o que achou da postagem? Deixe seu comentário.

47 comentários:

  1. Muito bom, gostei, vou experimentar é um bom investimento. Anderson

    ResponderExcluir
  2. Muito bom ADP! Vou experimentar! Preciso voltar a estudar inglês mais sério.

    Eu em 2015 dei uma boa avançada no inglês usando um método que vi na internet, assim meu listening melhorou uns 500% tanto que comecei a fazer aulas com nativos. Porém acabei parando de fazer e isso me fez regredir

    Dependendo da conversa, ainda entendo o que dizem, mas para falar estou travado. Minha dicção é como a sua rs

    Vou escrever em meu blog o método, assim que o fizer posto aqui!

    Abraços e excelente post!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Escreva sim, amigo. Será muito útil.
      Abraços

      Excluir
    2. Investidor Inglês, por gentileza, nos informe quando postar estas dicas em seu blog, com certeza, serão de grande valia para nós, aprendizes do inglês.

      Excluir
  3. Uma coisa que eu costumo dizer é que a pessoa precisa colocar o inglês no cotidiano dela.

    Pra mim, o jeito melhor é inserir um tema que você realmente goste e procurar conteúdo em inglês. Cito três: livros, podcasts e vídeos no youtube. Com o tempo vc une o útil ao agradável.

    Eu, por ex., gosto de ler sobre crimes, serial killers e mistérios em geral, então acompanho fóruns gringos, ouço alguns podcasts e leio alguns livros no kindle sobre isso. Flui naturalmente quando o assunto nos interessa.

    O que eu vejo é que muita gente faz a aula e pronto, não "toca" mais no inglês.

    Todo mundo tem um hobby, como acompanhar um esporte, por ex., - e é só inseri-lo no seu cotidiano de forma prazerosa.



    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ler algo que agrada em inglês flui muito melhor. Quando se lê apenas por ler, a chance de largar o livro no meio do caminho é muito grande. Experiência própria.
      Abraços

      Excluir
    2. Este comentário capta o essencial. Aprender por aprender é maçante, a maioria acaba desistindo. Já no caso descrito pelo "Animal", o estudante pode aliar o aprendizado do inglês com a vastíssima bibliografia que a nova língua abre para um tema de interesse pessoal.

      Mesmo que, inicialmente, o aprendizado seja difícil, logo passa a fluir naturalmente, tornando-se prazeroso. Perfeito, Animal.

      Excluir
  4. Muito obrigado pela dica!

    ResponderExcluir
  5. AdP me de uma opinião

    Tenho um bom conhecimento de inglês, mas estou longe de ser fluente e Ainda por cima muito enferrujado

    Não tenho bons horários para aulas convencionais e na minha cidade não tem este método Callan

    Acha que o QQ pode ser uma boa pra mim?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Seu conhecimento de inglês atual está um pouco acima do que eu tinha quando comecei, mas quando comecei as aulas e vi que sabia muito menos do que pensava. Você só vai ter uma real ideia do seu nível de inglês ao tentar um speaking com um nativo.

      "Acha que o QQ pode ser uma boa pra mim?"
      'Boa' não seria a palavra correta. No seu caso a palavra seria excelente. O curso serve justamente para este caso. Se você souber um dia antes qual horário do dia você terá 25 minutos livre, então é excelente, pois você poderá marcar a aula com um dia de antecedência.
      Se você não gostar, é só cancelar, pois não há nenhuma taxa de cancelamento nem burocracia. Mas acho que você vai gostar.
      Abraços

      Excluir
  6. Fizemos aqui em casa as duas aulas testes. Ao total fizemos 6, um assistindo o outro. Um barato. Agora que terminei a faculdade pretendo focar no QQ. Sem falar no custo. Vale muito a pena.

    ADP, dentre todas as outras dicas que você ja nos deu, essa sem dúvidas é uma das melhores. Conhecimento nunca é de mais. Obrigado

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Rato, que bom que tenha gostado da dica.
      Abraços

      Excluir
  7. Curti, ADP. Entendi cerca de metade do vídeo. E a outra metade não entendi pela velocidade. Esse é o ponto. Deu pra aprender a diferença entre watch e clock. Não sabia mesmo.

    Vou terminar o que tô fazendo online, falta pouco, que é o método mais formal, mais gramática, e depois entrar nesse aí. Puta velocidade. Fiquei feliz por ter acompanhado boa parte. Valeu

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O método Callan é ensinado na velocidade normal de fala, pois na vida real as pessoas falam assim. Dá pra aprender bastante e turbinar o listening.
      Abraços

      Excluir
  8. Esse método callan vc fez pelo qq English também?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim. Vou ver se edito o texto para ficar melhor subentendido.
      Abraços

      Excluir
  9. ADP,

    Me coloca na lista de blogs que divulgam carteira. Vou divulgar a minha hoje haha

    Sobre esse metodo, desconhecia e é bem legal, pois te joga direto na "guerra". Voce é obrigado a falar ingles com pressão, sem contar que se entender o ingles britânico, o ingles americano voce tira de letra.

    Abrazos,

    Br na Arabia

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O método é difícil de se adaptar no começo, mas com um pouquinho de insistência o aluno aprende bastante.
      Abraços e sucesso

      Excluir
  10. Eu até me viro bem no Inglês quando necessário. Para não perder a prática continuo assistindo canais estrangeiros no youtube. Atualmente tenho assistido videos de:
    https://www.youtube.com/user/bbclearningenglish
    https://www.youtube.com/channel/UCpsroJwsVKQvRH3ZqdvRetQ
    https://www.youtube.com/channel/UCVJalJNQWimC2zWrIHR_bSQ
    https://www.youtube.com/user/MrUniversity

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quanto mais contato com a língua inglesa melhor. Obrigado pelas dicas.
      Abraços

      Excluir
  11. Muito interessante.

    Tenho pensado em turbinar meu nivel de ingles, mesmo falando ingles quase todo dia me sinto estagnado.

    Olharei com carinho esta dica, obrigado por compartilhar conosco ADP.

    Abraçao

    ResponderExcluir
  12. AdP, qual é o seu objetivo com o aprendizado do inglês? Abração!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gosto da língua mas minha família nunca teve oportunidade de pagar um curso de inglês. Agora velho quero aprender.
      Abraços

      Excluir
  13. Eu estudo inglês por conta própria desde 2011 e ainda hoje continuo assim, tenho uma boa dicção pois ler texto em voz alta na frente do espelho e tentar focar em algum sotaque ajuda, eu particularmente gosto do inglês americano. Certo dia recebi a visita de 2 mormons em casa como era meu sonho conhecer americanos logo convidei pra entrar ficamos 1 hora conversando em inglês e por incrível que pareça a conversa fluiu muito bem no começo é dificil mais depois você começa falar naturalmente sem pensar muito e eles dizem que o mesmo acontece com eles quando tentam falar o português. Teve um momento que foi muito estranho porque eu falava em portugues e eles respondiam em inglês e depois eu tava fazendo o mesmo assim naturalmente sem pensar muito exceto algumas palavras que eu não conhecia em inglês.
    Recomendo muito conhecer os mórmons afim de aprendizado, a metodologia deles para aprender outra língua é incrível.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Interessante. Vou procurar a respeito.
      Abraços

      Excluir
  14. Boa tarde ADP, quando vi aquela sua primeira postagem fui atrás e testei o QQ English, gostei bastante e comecei a estudar por ele, principalmente pelo custo. Faço igual a você, intercalo Callan com Topic Conversation e tenho progredido bem. Meu maior problema é a disciplina para fazer as aulas todos os dias, meus horários são loucos e sempre faço aula a meia noite ou uma da manhã, eles sempre se espantam com um brasileiro fazendo aula essa hora.
    Não me arrisco a fazer sozinho, prefiro o progresso mais lento, mais por minha falta de disciplina do que por qualquer coisa.
    Em contato com o suporte no Brasil eles me forneceram os estágios de 1 a 10 em PDF assim como os áudios de todas as aulas de forma gratuita.
    Um problema que tenho, e queria saber se acontece contigo também é o delay, nas aulas do Callan atrapalha um pouco pois muitas vezes eu sei responder a pergunta e mesmo assim o professor responde em cima o que confunde um pouco a cabeça.
    Na minha opinião vale muito a pena, pelo custo e pela flexibilidade de horários, no começo tem que bater um pouco de cabeça até achar uns professores que tu goste mas agora eu tenho uns 8 ou 9 favoritos e faço quase sempre com eles.
    Valeu pela tua dica ADP, um abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu nunca tive problema de delay, mas tive problema de perda de conexão e perda de qualidade da imagem/som. Mas são casos incomuns. Normalmente desligar e religar no Skype resolve.

      Excluir
  15. Esse ano fiz o TOEFL (teste de proficiência de inglês)... aceito em empresas e universidades do mundo todo.
    Vou fazer um post de como estudei inglês e como passei na prova.

    Valeu pelo post, Adp!
    Abraço
    PD7

    ResponderExcluir
  16. Preciso urgentemente fazer um curso de inglês, minha faculdade de sistemas para internet esta ficando cada vês mais complicada, isso porque se exige apenas inglês tecnico.

    Abg por indicar, não conhecia a QQ.

    ResponderExcluir
  17. Vou deixar minha experiência sobre o assunto. Não gosto de páginas que você tem que comprar um curso (a maioria é assim) eu encontrei uma chamada preply nesta você não paga por um curso mas por aulas com diversos professores então você segue o professor que for melhor para você e tem professores bons por preços módicos. Os que mais gosto cobram de 3 a 5 dólares, o que na minha opinião, é muito barato. Grande trabalho o seu neste blog.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu faço no QQ por causa que eles oferecem o método Callan, que é um método que estou gostando demais. E lá eles registram o progresso das aulas, permitindo que vários professores diferentes consigam avançar de forma ordenada, não precisando depender da metodologia de apenas um.
      Abraços

      Excluir
  18. ADP, sigo o seu blog a uns 4 meses, pois buscava dicas de como estudar inglês de forma eficaz. MARAVILHA! Um grande achado pra mim, MUITO OBRIGADO PELA DICA! Eu também fiz o comentário em seu outro post, uns dois meses atrás. Parece que você está contando a minha história com o QQ English: após o teste, iniciei no livro 2, e fiz religiosamente todos os dias, atualmente sou assinante de Plano Fale Todo Dia 50 minutos, e posso dizer, VALE MUITO A PENA, comecei no plano Fale todo dia 25 minutos, no QQ Basic, após 2 meses migrei para o 50 minutos, pois como você comentou, a revisão dura metade dos 25 minutos, então vi que o custo x beneficio de duas aulas (Quase sempre faço as duas na sequencia), pois você evolui de forma impressionante. Pagar R$ 11,63 (R$ 349,00\Mês) por dia, para ter aulas todos dias, em algumas capitais, não pagaria o ônibus, caso o curso fosse de graça, ainda seria mais dispendioso. Indico aos meus amigos sem medo, e digo a todos que façam duas aulas e digam que é assinando do Blog Além da Poupança, e eles creditam mais 4 aulas grátis. Para quem quer evoluir no inglês, o QQ English é muito bom! Estudo a um ano sozinho (Duolingo, Youtube,...) mas em apenas 4 meses na QQ, já posso sentir uma grande evolução, pois já abordei estrangeiros no Banco e no Shopping, não tive uma conversa longa (rss), pois estou longe de ser fluente, porém me senti seguro para cumprimentá-los e responder alguns questionamentos simples (no Banco), e ajudei um casal a encontrar um restaurante de comida típica (no Shopping).

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se tu fizer uma aula na sequência da outra eles não fazem a revisão de 7 paginas na segunda aula? Faço o plano de 25 minutos mas se for assim provavelmente mudarei para o 50 minutos. Obrigado

      Excluir
    2. Olá Stalin,
      Em aulas de 50 minutos eles fazem 2 revisões.
      Abraços

      Excluir
    3. Giordano,
      Tente o método Callan. O QQE Basic é muito lento comparado com o Callan.
      Estou sabendo que eles dão uma moral pros alunos que comentam sobre o blog. Daqui a pouco vou cobrar pelo merchan kkkkkkk.
      Abraços

      Excluir
  19. Olá
    Além da Poupança, tudo ok?
    Então comecei a estudar pelo QQ por indicação sua também, estou no segundo mês do Callan Method.
    Um site que encontrei e tem me ajudado muito é: https://www.mylanguageexchange.com/
    Vc encontra alguns nativos lá para conversar, tem me ajudado muito, como complemento ao QQ.
    Abraços

    ResponderExcluir
  20. Boa noite, interessei pelo QQ, irei fazer as aulas para conhecer.
    Uma dúvida, o método callan fica na fala e escuta, então como com o tempo saberemos oq estamos conversando nas aulas?
    Agradeço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Heliton,
      Antes de cada tópico e apresentação das novas palavras, o professor te explica qual o significado delas.
      Além disso, em algumas perguntas você responde a sua opinião, ou seja, você precisa saber sobre o que você está falando.
      abraços

      Excluir
  21. Alem da poupança!

    Como esta a sua evolucao estudando sozinho?
    Como vc fazia pra revisar a materia dada no Callan? Vc ia lendo o livro?
    E o topic conversation? Como funciona?

    Comecei o qq english pela sua indicaçao. Valeu mt a pena pra mim.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Thalita,
      Estou estudando cerca de 1 hora umas 4 vezes por semana. Faço 4 aulas do método sozinho sendo que em um dia faço 3 revisões e um avanço e no próximo dia faço 4 revisões. Estou no livro 8 do método Callan.
      No Topic Conversation o professor e o aluno conversam sobre um tópico do livro. Ele pede para você descrever umas fotos e ler frases que possuem uma palavra incomum no livro. É uma aula descontraída para você treinar seu listening e speaking. Não sei seu nível de inglês, mas quando você estiver pelo menos entre o básico e o intermediário, recomendo fazê-lo aos finais de semana.
      Que bom que tenha gostado.

      Abraços

      Excluir

Anônimos, contribuem e deixem um nome para que seja possível outras pessoas fazerem referências, estabelecendo melhor a troca de ideias. Educação é sempre bem vista.
Mensagens de trolls serão moderadas.